II Manifesto – Comunicação e Artes apresenta: Jornalismo de moda com Ludmilla Rangel e Fabíola Paiva

Por Ranier Alves

Se é verdade que o corpo fala, na linguagem silenciosa da Comunicação não-verbal, a moda representa a diversidade desta linguagem, a moda fala de politica, de comportamento, de identidade étnica e cultural, além e claro de marcar transformações sociais.

Na década de 1960, André Courréges introduziu as calças compridas para as mulheres como um item de moda. Tinha início à era do Jeans e da pantsuit, e o começo da libertação feminina das pesadas e desajeitadas saias e anáguas.

Atualmente a moda faz frente na defesa de causas como liberdade de gêneros, e para além disso se transformou em uma indústria multimilionária o que reforça seu papel e influência na sociedade contemporânea.

As jornalistas de moda especializadas em comunicação digital e criadoras do site fashionistando.com, Ludmilla Rangel e Fabíola Paiva ministram a palestra Jornalismo de Moda, e falam sobre essa modalidade comunicacional, quem se encontra em destaque no mercado, por ser flexível e de alta adesão as novas tecnologias a modalidade oferece espaço a jovens e promove o empreendedorismo. É o que você confere agora.

Seminário Universitário PUC Minas / CBN – A reinvenção do Jornalismo na era digital

O teatro da PUC Minas unidade São Gabriel recebeu no dia 10 de maio o seminário universitário “A reinvenção do Jornalismo na era digital”. O evento, promovido pela rádio CBN em comemoração aos 25 anos da emissora, contou com a presença dos especialistas em mídias digitais Cristina de Luca e Pedro Dória. Ouça aqui na Rádio Online a íntegra do debate.

II Manifesto – Comunicação e Artes apresenta: Direitos Autorais, com Renato Dolabella Melo

Por Ranier Alves

Nos dias 14, 16 e 17 de maio aconteceu na PUC Minas unidade São Gabriel a 2ª edição do Manifesto – Comunicação e Artes. Diversas atividades como oficinas, palestras e workshops tiveram como finalidade promover a interação entre os alunos de comunicação com o mercado de trabalho, apresentando a eles as transformações e tendências mercadológicas nas áreas de Publicidade, Jornalismo e Produção Multimídia, promovendo assim o enriquecimento da formação acadêmica nos âmbitos técnicos e culturais.

Colocamos nossa criatividade para trabalhar, e com isso desenvolvemos diversos projetos, como documentários, campanhas publicitárias e matérias jornalísticas. De repente, nos processos de edição e publicação de um trabalho, batemos de frente com os famosos direitos autorais, que em muitas das vezes jogam por terra boa parte de nosso trabalho. O doutorando, mestre em propriedade intelectual e direito econômico pela UFMG, Renato Dollabela Melo, diretor jurídico da FUNDAMIG e cofundador do CEMEPI – Centro Mineiro de Estudo em Propriedade Intelectual e Inovação – nos fala dos aspectos jurídicos da legislação brasileira sobre os direitos autorais. Membro da Comissão de Propriedade Intelectual, Concorrência e Regulação Econômica da OAB do Estado de Minas Gerais, Renato esclarece os principais pontos relacionados aos direitos dos criadores e ao uso de produções de terceiros nas criações.

II Manifesto – Comunicação e Artes apresenta: Música e seus Efeitos Áudio Visuais, com André de Barros Ferreira

Por Ranier Alves

Nos dias 14, 16 e 17 de maio aconteceu na PUC Minas unidade São Gabriel a 2ª edição do Manifesto – Comunicação e Artes. Diversas atividades como oficinas, palestras e workshops tiveram como finalidade promover a interação entre os alunos de comunicação com o mercado de trabalho, apresentando a eles as transformações e tendências mercadológicas nas áreas de Publicidade, Jornalismo e Produção Multimídia, promovendo assim o enriquecimento da formação acadêmica nos âmbitos técnicos e culturais.

Já parou pra pensar na natureza física e psicológica do som? E sobre sua ligação com os efeitos áudio visuais? O biomédico licenciado em Imaginologia e Música pela Universidade Federal de Minas Gerais, André de Barros Ferreira, premiado pela Associação Mineira de Propaganda, apresenta a importância da música na transmissão de mensagens e o impacto que produzem sobre os seres humanos através da utilização de truques de design auditivos.

II Manifesto – Comunicação e Artes apresenta: Fundamentos do Google AdWords, com Luiz Oliveira

Por Ranier Alves

Nos dias 14, 16 e 17 de maio aconteceu na PUC Minas unidade São Gabriel a 2ª edição do Manifesto – Comunicação e Artes. Diversas atividades como oficinas, palestras e workshops tiveram como finalidade promover a interação entre os alunos de comunicação com o mercado de trabalho, apresentando a eles as transformações e tendências mercadológicas nas áreas de Publicidade, Jornalismo e Produção Multimídia, promovendo assim o enriquecimento da formação acadêmica nos âmbitos técnicos e culturais.

Se ainda não pensamos, há uma grande chance de que no futuro tenhamos a ideia de abrir um negócio pela internet, ou simplesmente quebraremos a cabeça para promover e popularizar uma de nossas páginas nas redes sociais. Por mais simples que pareça, lidar com as ferramentas disponíveis na rede, compreender seus conceitos e funcionalidades não é uma tarefa simples. O professor de Criação Publicitária, Criatividade e Comunicação Digital do Centro Universitário UNA, Luiz Oliveira, que já desenvolveu campanhas para a Coca-Cola, Fundação Unimed e Banco Mercantil, apresenta a ferramenta de gerenciamento e otimização de campanhas online Google Adwords, da empresa multinacional americana de serviços online e software Google. Confira um trecho da palestra.

Comunicação Integrada recebe Renato Douzi e Mário Emilio, da APAC de Nova Lima

Sob Coordenação da professora Alessandra Girard, a disciplina de Comunicação Integrada recebe como palestrantes o psicanalista Renato Douzi e o jornalista Mário Emilio, representantes da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado de Nova Lima, APAC.

Os palestrantes falaram sobre os métodos de humanização do sistema APAC e os objetivos da associação na ressocialização dos detentos.

Circuitos Artísticos e Culturais recebe Kdu dos Anjos

Por Ranier Alves:

Como uma lâmpada por hora apagada, as aptidões e capacidades de crianças, jovens e adolescentes que habitam o Aglomerado da Serra, situado na zona Centro-sul da capital mineira, necessitam de uma simples mudança no interruptor social, para que a luz de seus talentos possa transformar a realidade em que se encontram.

Estes jovens guerreiros do cotidiano encontram no projeto social “Lá da Favelinha” um espaço aberto à expressão de suas habilidades. Lá, eles ganham voz e falam através da arte, leitura, dança, esportes e por meio da Cultura Hip Hop. Por sinal, eles tem muito a nos dizer, e nós, o dever e a necessidade de escutá-los.

Por via dos fatos, o sonho é uma característica inerente da existência humana, mas algumas pessoas se predispõem a transformar o sonho do outro em realidade. A disciplina de Circuitos Artísticos e Culturais, ministrada pela professora e artista plástica Marta Neves, em parceria com a coordenação dos projetos de Extensão da PUC-Minas/São Gabriel, recebe como palestrante Kdu dos Anjos, MC, rapper, compositor, poeta e fundador do projeto socioeducativo “Lá da Favelinha”.

Kdu descreveu sua carreira musical e revelou como surgiu a iniciativa de desenvolver o “Lá da Favelinha”. O artista também fala de suas experiências com os jovens, e compartilhou histórias carismáticas e transformadoras, sobre personagens instigantes, moradores da comunidade e que, em parceria com o projeto, constroem um rico patrimônio cultural de valores que transcendem ao lúdico.

Como um morador da Favelinha, Kdu dos Anjos conta as formas do projeto lidar com os problemas enfrentados pela comunidade, como a falta de recursos, a violência policial, as dificuldades em angariar fundos e os entraves burocráticos que encontram para a realização de eventos. Ao mesmo tempo, demonstra como o “Lá da Favelinha” é um símbolo de resistência e inclusão social, na árdua batalha contra o preconceito e a exclusão socioeconômica.

Links:
https://www.youtube.com/channel/UCwk6NRU1Lef5BNfoRUm_ThA
https://www.facebook.com/oficinaladafavelinha/?fref=ts
https://www.facebook.com/kdudosanjos.oficial
http://www.kdudosanjos.com.br/
https://www.youtube.com/channel/UCdcEVt2PolUfsAcoHp0SQ0g

Circuitos Artísticos e Culturais recebe Daniel Carneiro

Por Ranier Alves:

Segundo o psicanalista francês Jacques Lacan, “as pulsões são, no corpo, o eco do fato de que há um dizer. […] O desejo enquanto real não é da ordem da palavra e sim do ato”.

O material nu e cru produzido por centenas de jovens que foram às ruas nas manifestações de junho de 2013, aponta à percepção visceral do olhar de seus produtores e revela a delicada subjetividade humana, na luta por seu direito de representatividade na construção histórica da sociedade.

A disciplina de Circuitos Artísticos e Culturais, sob coordenação da professora e artista plástica Marta Neves, em parceria com o Núcleo de Extensão e Comunicação Social da PUC Minas São Gabriel, recebe como palestrante o artista multimídia, designer, diretor e editor de vídeos experimentais, Daniel Carneiro.

Integrante dos grupos Cachorro Vinagre, Sin Cabeza e F.R.A.U.D.I (Frente Revolucionaria do Audiovisual), Daniel traz ao debate a mostra idealizada por ele – “Os Brutos” – que expõe vídeos e ensaios fotográficos sem edições, nos quais retrata as manifestações populares de 2013.

A exposição como um instrumento de investigação visual e intervenção prova que, além de amar, os brutos também revolucionam.

Circuitos Artísticos e Culturais recebe Guilherme Morais

Por Ranier Alves:

A arte como a entidade solidária de um abraço, de braços abertos e sentidos atentos; o pensamento flexível em direção ao entendimento, ao respeito e à exaltação da diversidade nas relações humanas. A arte totalmente transgênica, mutável como o corpo de um jovem bailarino, que descobre dançando ao som de Madonna, ainda na sala de sua casa no interior de Minas Gerais, o poder do movimento.

Sob coordenação da professora e artista plástica Marta Neves, a disciplina de Circuitos Artísticos e Culturais recebe como palestrante o bailarino, performer, ator e diretor de teatro Guilherme Morais. Ele é fundador do “This is not”, uma plataforma artística interdisciplinar criada em 2012, cujo objetivo é a produção de novas questões e pensamentos no universo das artes.

Guilherme falou dos processos de criação e desenvolvimento de seus trabalhos, além de abordar questões importante como liberdade de gêneros e seus estudos interdisciplinares das artes sem fronteiras.

This is not – Site
This is not – Facebook